Esporte: O árbitro errou! Mas analisar a Seleção só por isso me parece raso, vazio

O árbitro errou! Mas analisar a Seleção só por isso me parece raso, vazio


O árbitro errou! O gol do Peru foi de mão, assim como o gol do Equador na estreia tinha sido legal, com erro a nosso favor.

Analisar uma campanha só pelos erros da arbitragem me parece muito raso, vazio. Nossos problemas vão muito além disso e passam por tomadas de decisão e jogadores de personalidade.

Todo jogador que veste a amarelinha e defende nosso país numa Copa do Mundo merece nosso respeito. E, mesmo que o final dessa campanha tenha sido desastroso, isso não faz deles jogadores ruins. Mas depois daqueles jogos contra Alemanha e Holanda em 2014, o peso sobre eles ficou muito difícil de ser carregado. Ali deveria ter existido uma ruptura quase que total e isso ficou ainda mais claro quando perdemos para o Paraguai na Copa América do Chile, no ano passado.

Descontrole emocional, falhas individuais... Tinha sido dada uma nova oportunidade, e eles falharam novamente. A pressão era muito grande. Era o final de um ciclo e o momento de se buscar uma nova identidade, um outro padrão de jogo, um time diferente! Gilmar e Dunga demoraram pra ver isso e dois anos se passaram...

Agora pegue nome a nome, posição por posição: será que o Brasil está muito atrás das outras seleções? Pra mim, não. E nem à frente. Temos bons jogadores, mas um elenco normal. O que nos falta, principalmente na ausência de Neymar, são jogadores como Romário, Edmundo, Rivaldo, Ronaldo... Caras que, na hora em que o bicho pega, do jogo grande, não se escondem. Esses são os diferentes, aqueles que você sabe que pode contar sempre, na boa e na ruim. Eles vão errar, mas vão querer sempre a bola de novo. E essa simples atitude pode incendiar o time e mudar uma classificação.

É justamente aí que tem que aparecer o treinador. Porque, se a carência de grandes nomes já tira um pouco da sua responsabilidade, por outro lado um time com padrão de jogo definido e que funcione coletivamente pode dar certo. No domingo, alguns jogadores sumiram do jogo.

DUNGA

Acertou na escalação, mas errou nas substituições. O Brasil não vinha jogando mal, mas, aos 32 minutos do segundo tempo, perdendo o jogo e sendo desclassificado, tem que mudar!

Quer botar o Hulk, tudo bem – eu prefiro Lucas, Ganso e Jonas –, mas não tira o Gabigol. Enche o time de atacantes, coloca gente que tenha drible e mais visão de jogo, já que tanto o Willian como o Lucas Lima não estavam bem – Elias também fez uma Copa América abaixo do que pode. Mas, principalmente, queime as três alterações! Porque assim passa a sensação de que você tentou de tudo.

O banco dava a Dunga essas opções. Tinha que insistir nesse time mais leve, com posse de bola e controle do jogo, mas não encher o time de volantes. Essa nova cara da Seleção, com um pouco mais de tempo, tem tudo para dar certo.

PHILIPPE COUTINHO

Para mim, foi o jogador que mais bem aproveitou a oportunidade. Sai desta Copa América Centenário como um dos destaques da Seleção. Casemiro também foi bem.

BRASILEIRÃO

Destaque para o Palmeiras no clássico paulista e o Cruzeiro no clássico mineiro.

Se do lado corintiano só Giovanni Augusto manteve o nível e foi bem, do lado palmeirense o cara do jogo foi o treinador Cuca. Mudou o time no segundo tempo, colocou Cleiton Xavier que acabou decidindo o jogo e engoliu o Corinthians com as substituições e o novo posicionamento tático. Vitoria merecida! Escrevam aí: daqui a cinco rodadas (Coritiba, Santa Cruz, América, Cruzeiro e Figueirense), o Verdão tem tudo para ser o novo líder do Brasileirão.

Clássico tenso, com confusão, virada e vitória sobre o maior rival. Que esse resultado do Cruzeiro embale o time! Continuo achando que o elenco precisa de reforços, mas quem tem animado muito o torcedor é o uruguaio Arrascaeta. Jogou muito e foi decisivo em pelo menos dois gols.

BASTIDORES

Conversando com amigos ligados ao Flamengo, ainda hoje o clube pode anunciar um novo gerente. A diretoria busca um nome forte para cuidar do futebol depois da saída do treinador Muricy. Esse cara seria o ex-zagueiro Mozer! Revelado no clube e super identificado com a torcida, conta com o apoio de várias pessoas influentes ligadas ao Mengo.

CARTOLA

Nesta terça-feira tem as dicas para a rodada #8, mas fica um aviso: "Ôoooo, o campeao voltou!" Com 87.82 na rodada passada, o Caioba Team ligou a seta!

Fonte: Globo Esporte / Caio Ribeiro
Foto: Lucas Figueiredo / MoWA Press
Página anterior Próxima página