Esporte: Cigano trata lesão, celebra volta por cima e avisa: "Serei campeão de novo"

Cigano trata lesão, celebra volta por cima e avisa: "Serei campeão de novo"



Depois de perder para Cain Velásquez, pela primeira vez, em 2012, a carreira de Junior Cigano oscilou. Alternando vitórias e derrotas, o brasileiro sofreu um duro revés para Alistair Overeem, em dezembro do ano passado, batido por nocaute técnico, em uma atuação para esquecer, muito aquém do que os fãs se acostumaram a ver. Crítico, o brasileiro também sabia que precisaria apagar o revés - engasgado até hoje. A redenção veio quatro meses depois: o catarinense superou Ben Rothwell por pontos, reencontrando o seu boxe, perdido nos confrontos anteriores, e retomando a confiança. O desempenho foi uma espécie de volta por cima, dando confiança para que o ex-dono do cinturão do peso-pesado não tenha dúvidas de que irá reencontrar o título em 2017.

- Acho que até a metade do ano que vem terei a chance de disputar o título e voltarei a ser campeão - declarou, em entrevista exclusiva ao Combate.com, enquanto se recupera de uma cirurgia.

Cigano seguirá na American Top Team, academia que escolheu para treinar na Flórida, Estados Unidos. A reabilitação deve durar até agosto. Depois, inicia a fisioterapia e o objetivo é voltar ao octógono em novembro ou dezembro. Enquanto ele se reabilita, a categoria segue em andamento. Novo campeão dos pesados, Miocic encara Overeem, no UFC 203, em setembro, mesmo evento em que Fabricio Werdum duela com Ben Rothwell. Aliás, o catarinense quer ver como o compatriota vai se sair diante de "Big Ben", criticado pelo gaúcho.

- O Werdum falou que o Rothwell não era tudo aquilo, que tinha uma técnica horrível. Ler aquilo ali, sem que ele tivesse sido questionado, me deixou surpreso. Achei meio sem necessidade. Gostei que fecharam a luta entre eles, sei quão duro o Rothwell é e veremos se o Werdum vai honrar. A equipe dele falou que eu ia pagar pela boca, mas não falo nada demais, nada além do que acredito. Se falo que posso ser campeão, acredito nisso. Eles falaram que eu ia pagar pela boca, mas parece que o cenário mudou (risos). O Werdum falou algumas vezes que eu estava falando muito dele. Não estou falando dele, mas quando sou questionado sobre ele, tenho que responder, porque os fãs querem ouvir a minha opinião.

Fonte: Globo Esporte
Foto: Evelyn Rodrigues
Página anterior Próxima página