Esporte: Fernando Alonso é reprovado pelos médicos e está fora do GP do Bahrein

Fernando Alonso é reprovado pelos médicos e está fora do GP do Bahrein



Fernando Alonso está fora do GP do Bahrein deste fim de semana, válido pela segunda etapa da temporada 2016 da Fórmula 1. O espanhol da McLaren foi reprovado nos exames realizados pelos médicos da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) na manhã desta quinta-feira no autódromo barenita, em decorrência do forte acidente sofrido há menos de duas semanas no GP da Austrália. A escuderia inglesa escalou o reserva Stoffel Vandoorne, de 24 anos, campeão da GP2 em 2015, para substituir o bicampeão mundial.

- Após exame realizado nesta manhã no Centro Médico do Circuito Internacional do Bahrein, foi decidido que o piloto da McLaren Fernando Alonso não deve participar do fim de semana do GP do Bahrein. Dois conjuntos de tomografia computadorizada do tórax foram comparados e foi decidido que há sinais insuficientes que lhe permitam competir, por motivos de segurança. Uma nova tomografia de tórax foi solicitada para antes do GP da China e os resultados serão considerados antes de que ele seja liberado para correr – diz o comunicado da FIA.

O acidente de Alonso ocorreu na 18ª volta do GP da Austrália, que abriu a temporada da Fórmula 1 deste ano, no dia 20 de março. Na ocasião, o espanhol freou tarde e tocou na Haas de Esteban Gutiérrez, perdendo o controle de sua McLaren. Após bater no muro à esquerda, o bicampeão capotou ao tocar na brita e seu carro voou por metros até parar de cabeça para baixo. Alonso saiu andando, mas aparentou sentir algumas dores no corpo.

- Eu tentei até o último minuto correr no Bahrein, após o acidente na Austrália. Logicamente, foram dias difíceis depois de um impacto tão grande. Mas até o último segundo eu só pensava em ajudar a equipe depois do trabalho incrível que tiveram essa semana. Entendo a posição dos médicos da FIA e agora buscarei ajudar com todas as minhas forças meu companheiro Vandoorne para tirarmos o máximo do fim de semana. Obrigado a todos – escreveu Alonso nas redes sociais.

O exame do espanhol nesta manhã, no circuito do Bahrein, durou 90 minutos. Após a decisão dos médicos, a McLaren imediatamente anunciou a presença de Vandoorne, que fará sua estreia na Fórmula 1 neste fim de semana. A presença de Alonso no GP da China, daqui a duas semanas, dependerá da liberação da equipe médica.

No ano passado, Alonso também desfalcou a McLaren em uma etapa. Na época, o veterano de 34 anos sofreu um misterioso acidente na pré-temporada em Barcelona, na Espanha, e não foi liberado para participar da corrida de abertura de 2015, em Melbourne, Austrália.

Fonte: Globo Esporte
Foto: AP
Página anterior Próxima página