Esporte: Marta faz cinco, bate marca de Pelé, e Brasil goleia Trinidad e Tobago: 11 a 0

Marta faz cinco, bate marca de Pelé, e Brasil goleia Trinidad e Tobago: 11 a 0



Se o Brasil tem um rei, agora o país pode dizer que tem uma rainha à altura. A Seleção venceu Trinidad e Tobago por 11 a 0, nesta quarta-feira, na estreia no Torneio Internacional de Natal. Marta assinalou cinco vezes e atingiu a marca de 98 gols pela seleção feminina. Agora ela tem mais gols até que Pelé, maior artilheiro da seleção brasileira na história, com 95.

A equipe de Vadão praticamente resolveu o confronto ainda no primeiro tempo. Quatro gols - três de Marta e um de Beatriz - e a etapa inicial já dava uma amostra do que seria a partida. Com muito jogo de corpo, Trinidad tentava bloquear as brasileiras, mas não surtiu efeito. Após o intervalo, Debinha fez logo aos 3 minutos. E não parou por aí. A rainha fez o sexto, Beatriz o sétimo, e Marta, novamente, o oitavo. O nono veio com Beatriz, o décimo com Raquel, e o 11° com Rilany.

No próximo domingo, o Brasil volta a campo às 17h (de Brasília) diante do México, que perdeu para o Canadá por 3 a 0 no jogo preliminar na Arena das Dunas. O GloboEsporte.com acompanha em tempo real.

Todas as honras à rainha
E quis o destino que Natal, no Nordeste assim como sua querida Dois Riachos, em Alagoas, abrigasse a marca histórica de Marta. A camisa 10 chegou aos 98 gols pela Seleção e ultrapassou a marca de Pelé, com 95. Ainda na véspera, ela se emocionou ao lembrar das dificuldades em seu início. O primeiro gol dela pelo Brasil foi em 2003 diante do Peru, na Copa América com apenas 17 anos. Aos 29, assegura um lugar de honra no futebol. Ovacionada, deixou o campo aos 13 com o dever cumprido.

De última hora
Convidada depois da desistência da Croácia, a seleção de Trinidad e Tobago entrou com seu time reserva nesta quarta. Aliás, até mesmo algumas reservas não vieram. Isso porque o grupo principal tinha um amistoso diante dos EUA, no Havaí, dia 6, que acabou cancelado pelas condições do gramado. No banco, apenas duas atletas. Os uniformes também não estavam disponíveis para todas no tamanho correto. As titulares chegam no dia 12, em Natal.

Fonte: G1
Foto: Diego Simonetti/Blog do Major
Página anterior Próxima página