Esporte: Ronda é suspensa por 180 dias após nocaute sofrido diante de Holly Holm

Ronda é suspensa por 180 dias após nocaute sofrido diante de Holly Holm


A derrota para Holly Holm por nocaute no UFC 193, no último sábado, deixou marcas profundas em Ronda Rousey. Além de perder o cinturão dos pesos-galos da organização e a invencibilidade de 12 lutas na carreira, a ex-campeã precisou ser hospitalizada para passar por uma cirurgia plástica no lábio. Nesta terça-feira o UFC divulgou as suspensões médicas dos atletas, e Ronda estava entre os que receberam o tempo máximo: 180 dias.

A ex-campeã, no entanto, poderá voltar às suas atividades normais se apresentar uma ressonância magnética do crânio e uma liberação de um médico autorizando-a a treinar e lutar. Já Holly Holm, nova campeã da categoria, recebeu a suspensão mínima de apenas sete dias longe das atividades físicas.

Outros cinco atletas que atuaram no evento também receberam a suspensão máxima: Joanna Jedrzejczyk, Valerie Letourneau, Robert Whitaker, Jared Rosholt e Steven Kennedy. Todos, a exemplo de Ronda Rousey, poderão antecipar seus retornos se apresentarem atestados médicos e exames específicos que garantam sua segurança.

Como em Melbourne não há uma Comissão Atlética, o UFC regulou as suas lutas e seus médicos estabeleceram as suspensões de acordo com exames feitos nos atletas logo após as lutas.

Fonte: Globo Esporte
Foto: Andy Brownbill / AP
Página anterior Próxima página