Esporte: Sem sete titulares, Peixe encara o Londrina em São José dos Campos

Sem sete titulares, Peixe encara o Londrina em São José dos Campos



Antes da semifinal do Campeonato Paulista, contra o São Paulo, o Santos tem pela frente o Londrina em duelo não menos decisivo. Depois de vencer por 1 a 0 no estádio do Café, o Peixe entra em campo para confirmar seu favoritismo e avançar à segunda fase da Copa do Brasil a partir das 19h30 desta quarta-feira.

A pedido da diretoria santista, o jogo foi transferido da Vila Belmiro para o estádio Martins Pereira, em São José dos Campos. Apesar da viagem desgastar ainda mais o elenco em uma semana importante para o semestre, Marcelo Fernandes evitou disparar reclamações.

"Isso foi designado há tempo. É assunto de direção. Quando chega o jogo, se não tivesse que viajar, seria melhor. Mas já estava alinhado, marcado faz tempo", comentou o técnico, que não terá seu principal jogador por causa de uma lesão muscular e ainda deve poupar até sete titulares.

"Robinho está fora do jogo, continua em tratamento. Não podemos arriscar nenhum jogador. Não adianta ser olho grande. Tem que agir com a razão", explicou o treinador. Na vaga do camisa 7, Marquinhos Gabriel deve ganhar uma nova oportunidade e conta com a confiança de seu comandante.

"O Marquinhos é muito inteligente, polivalente. Tem se dado muito bem todas as vezes que é acionado. Nos deixa à vontade para qualquer mudança tática, com ele por dentro, por fora, sempre agradou. Vai ajudar muito o Santos", afirmou Marcelo Fernandes.

O Peixe, apesar de não encarar o Londrina com força máxima, sabe das dificuldades que terá de encarar nesta quarta-feira. O Tubarão é o atual campeão paranaense e, no último fim de semana, bateu o Coritiba no primeiro duelo válido pela semifinal do Estadual.

Diante disso, assim como o técnico santista, Claudio Tencati também vai avaliar e escalar os jogadores que estiverem em melhores condições físicas.

"Não tem o que priorizar. O Londrina não é um clube grande com 40 jogadores. Buscamos calendário e competitividade e a Copa do Brasil faz parte desse nosso objetivo. Vamos medir só quem está mais cansado. Se tiver que viajar todos, todos vão. É aquela história: quando não tem nada e tem algo, vamos valorizar o algo", disse o treinador do Londrina.

O Santos avança com uma vitória ou qualquer empate. Já o Londrina precisa vencer marcando mais de um gol para conseguir a classificação direta ou, ao menos, repetir o placar de 1 a 0, desta vez a seu favor, para levar a decisão para os pênaltis.

Fonte: MSN
Foto: A/D
Página anterior Próxima página