Esporte: Atleta morre em torneio de MMA no Azerbeijão

Atleta morre em torneio de MMA no Azerbeijão



Um atleta de MMA morreu durante um torneio no Azerbaijão. De acordo com a reportagem do site "Sportbox", Ramin Zeynalov, de 27 anos, participava de uma luta em seu país no início desta semana quando recebeu duros golpes e sofreu com uma hemorragia cerebral. Ainda segunda a publicação, o lutador chegou a ser atendido dentro do ringue, mas os médicos não conseguiram reanimá-lo e ele foi rapidamente declarado morto.

Aliabbas Zeynalov, pai do atleta, informou ao "Sportbox" que seu filho participou da luta sem a aprovação da família, que acreditava que ele não estaria preparado para uma disputa profissional de MMA.

"Meu filho competiu sem a minha permissão. Nós éramos conta isso. Não dei permissão, ele não me ouviu e esse é o resultado. Está morto", lamentou o pai.

Rahman Zeynalov, irmão de Ramin, revelou que o lutador era faixa-preta de Tae-Kwon-Do, medalha de prata no torneio nacional de kickboxing e tinha experiência no muay thai, Mesmo assim, Rahman também considerava que seu irmão não estava no nível profissional de MMA.

"Ele não estava muito bem preparado profissionalmente, mas era um atleta de verdade que tinha 11 medalhas. Eu assisti o vídeo do momento da morte e não tem quem culpar. Ele voluntariamente fez parte da competição, apesar de os pais não concordarem. Ramin era o irmão mais novo da família", contou o irmão.

"Ele não contou a ninguém que iria participar de uma luta sem regras. Descobrimos por acidente. Tentamos impedí-lo dizendo que ele tinha família, que não precisava, mas ele não nos ouviu. Ele não precisava do dinheiro, fez por paixão", completou.

Uma investigação foi instaurada para apurar as causas da morte de Ramin. Seu adversário ofereceu condolências à família. O lutador deixa uma filha.

Fonte: MSN
Foto: Ag. Fight
Página anterior Próxima página