Esporte: Inter supera sustos, vence Universidad de Chile e chega com fôlego para o Gre-Nal

Inter supera sustos, vence Universidad de Chile e chega com fôlego para o Gre-Nal



Pressionando após uma estreia abaixo do esperado na Libertadores, o Internacional se recuperou nesta quinta-feira na competição sul-americana. Com alguns sustos, o time colorado venceu a Universidad de Chile por 3 a 1 no Beira-Rio, pela segundada rodada da competição. D'Alessandro, Jorge Henrique e Eduardo Sasha garantiram o triunfo. Canales descontou.

Com o resultado, o clube brasileiro chega a três pontos e divide a vice-liderança do grupo 4 com o The Strongest-BOL. Os chilenos estão na última posição, com nenhum ponto. O líder da chave é o Emelec-EQU, que tem seis pontos.

Para o jogo, o técnico Diego Aguire optou por montar o time do meio para frente com Nilton, Aránguiz, D'Alessandro, Jorge Henrique, Vitinho e Eduardo Sasha.

Após ter a posse de bola inicial, a equipe levou o primeiro susto. Em contra-ataque rápido, Maxi Rodríguez - ex-Grêmio e Vasco - chutou firme e acertou o travessão de Alison. A tentativa não desnorteou o Inter, que seguia mais no campo de ataque e quase conseguiu abrir o placar após cruzamento rasteiro desviado por Sasha que foi bem defendido pelo goleiro Herrera.

Aos 44 minutos, D'Alessandro fez a jogada que começou a mudar a partida. Ele invadiu a área e caiu. O árbitro marcou pênalti. Na cobrança, o próprio argentino bateu para balançar as redes e fazer 1 a 0. Após o gol, os ânimos se esquentaram, com os jogadores do time chileno indignados - eles reclamaram que o camisa 10 tinha simulado o pênalti.

Na segunda etapa, o Inter aumentou a vantagem aos 16 minutos. Alex recebeu perto da linha do meio de campo e fez ótimo lançamento para Jorge Henrique. Sozinho na frente do goleiro, o camisa 23 bateu colocado para fazer 2 a 0.

Logo na sequência, o segundo susto. Aos 21 minutos, Lorenzetti lançou Ubilla na esquerda, nas costas de Fabrício. Ele ajeitou para Canales bater de primeira e descontar para os visitantes.

Quando uma pressão maior da La U se ensaiava, o time gaúcho fez o terceiro. Em novo contra-ataque, Aránguiz apareceu pelo lado direito e cruzou para o outro lado. Sasha, de primeira, chutou e Herrera não conseguiu rebater: 3 a 1, placar final.

Com o triunfo, o time colorado, sob desconfiança neste começo de temporada, chega com mais fôlego para o clássico contra o Grêmio, que será no domingo, no Beira-Rio, pelo Gaúcho.

Na Libertadores, o time volta a campo na próxima quarta-feira (4/3), quando enfrenta o Emelec em casa. Já a Universidad de Chile entra em campo no torneio sul-americano na quinta-feira (5/3) e receberá o The Strongest.

Fonte: MSN
Foto: Divulgação
Página anterior Próxima página