Esporte: Com gritos de "somos racistas", fãs do Chelsea impedem entrada de negro

Com gritos de "somos racistas", fãs do Chelsea impedem entrada de negro


Torcedores do Chelsea protagonizaram um episódio racista após empate em 1 a 1 entre o clube inglês e o Paris Saint-Germain, válido pela partida de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões, nesta terça-feira. Num vídeo que circula na internet, um grupo de britânicos impede a entrada de um homem negro em um dos vagões do metrô de Paris, dando-lhe empurrões.

É possível escutar gritos de "Chelsea! Chelsea!" e posteriormente um coro em que os torcedores gritam "Somos racistas, somos racistas! Esse é o jeito que nós gostamos".

De acordo com o jornal inglês "The Guardian", o Chelsea já se pronunciou sobre o incidente, condenando a ação de seus torcedores e prometendo agir contra os envolvidos.

- Tal comportamento é abominável e não tem lugar no futebol ou na sociedade. Vamos apoiar qualquer ação criminal contra os envolvidos, e em caso de provas que apontem para o envolvimento de detentores de carnês para a temporada ou sócios, o clube irá tomar a ação mais forte possível contra eles, incluindo ordens de proibição.

A Uefa também recriminou a atitude dos torcedores. Porém, como o ato discriminativo aconteceu fora do estádio, a entidade europeia disse que "é um problema a ser gerido pelas autoridades locais, e a Uefa vai apoiar todas as medidas que serão tomadas". O presidente da Fifa, Joseph Blatter, foi claro: "Não há lugar para o racismo no futebol!"

Confira o vídeo:



Fonte: G1
Foto: Reprodução YouTube
Página anterior Próxima página