Esporte: Bellucci dá trabalho, mas cai para Wawrinka e não consegue melhor campanha no US Open

Bellucci dá trabalho, mas cai para Wawrinka e não consegue melhor campanha no US Open



Thomaz Bellucci ofereceu alguma resistência, mas não foi páreo para Stan Wawrinka e acabou eliminado na segunda fase do US Open nesta quarta-feira. Em 2h37m de partida, o brasileiro caiu para o quarto melhor do mundo por 3 sets a 1, parciais de 6-3, 6-4, 3-6 e 7-6 (7-1).

Com o resultado, Bellucci não consegue ir à terceira etapa do último Grand Slam da temporada, algo que seria inédito em sua carreira. Agora, Wawrinka enfrentará o esloveno Blaz Kavcic, que superou o francês Jeremy Chardy em sets diretos.

Além disso, o triunfo faz o suíço igualar o confronto direito com o brasileiro. Isso porque, na única vez em que se encontraram (em Gstaad, em 2009), o atual campeão do Australian Open perdeu para o adversário.

Agressivo, sobretudo nos dois primeiros sets, Wawrinka fechou a partida com 51 winners, 20 a mais do que o adversário. Além disso, Bellucci erru em alguns momentos decisivos, como no saque, sendo que cometeu cinco duplas faltas, contra duas do adversário. Além disso, Wawrinka converteu 16 aces, e o brasileiro, sete.

A missão do 91º tenista do mundo não era nada fácil, e o favorito do confronto começou a mostrar a sua força já no primeiro set. Ao confirmar todos os serviços, Wawrinka precisou de apenas uma quebra para sair em vantagem no jogo. Na sequência, repetiu o feito logo no primeiro game e administrou para fazer 2 a 0 no marcador.

O torcedor que acompanhava o fechamento de mais um dia da competição norte-americana já imaginava uma vitória fácil do suíço, mas Bellucci mostrou poder de reação. No terceiro set, quebrou o serviço do adversário em duas ocasiões, ainda cedeu um saque, mas venceu por 6 a 3.

O momento era propício para a reação. No quarto set, o tenista brasileiro chegou a quebrar o serviço do favorito suíço, mas, na sequência, não conseguiu confirmar o seu saque. Era o que Wawrinka precisava para recuperar sua confiança e voltar a se impor como o quarto lugar do ranking mundial da ATP.

O suíço virou o jogo, fez 5 a 4 no set e pressionou Bellucci. O brasileiro respondeu bem, voltou a empatar no seu serviço e mostrou que não seria fácil derrotá-lo. Wawrinka voltou a confirmar, Bellucci sacou bem e levou ao tie-break. No desempate, o favorito abriu vantagem com facilidade e fechou em 7 a 1.

Fonte: MSN
Foto: Getty
Página anterior Próxima página