Esporte: Irã deixa vaga escapar e é derrotado pela Bósnia "no estádio dos gols"

Irã deixa vaga escapar e é derrotado pela Bósnia "no estádio dos gols"



Alireza Haghighi, goleiro do Irã, se estica, mas não impede o gol de Edin Dzeko, da Bósnia, na Fonte Nova.

Apesar de precisar vencer para se classificar, o Irã não conseguiu superar a melhor técnica da já eliminada Bósnia e foi derrotado por 3 a 1 na Arena Fonte Nova, para também dar adeus ao Mundial do Brasil nesta quarta-feira. O time asiático ficou com a lanterna da chave, com o consolo de ao menos ter marcado um gol na primeira fase, enquanto os europeus se despedem com uma vitória. Pela primeira vez desde 1998, todos envolvidos em uma Copa marcaram ao menos uma vez.

O placar honrou a fama de estádio dos gols nesta Copa do Mundo. Agora, já são 21 gols feitos em Salvador em quatro partidas, com uma média superior a cinco por jogo. Com o resultado, os classificados para as oitavas de final pelo grupo F são a Argentina, como líder, e a Nigéria, como 2º colocado.

Fonte: A/D
Foto: REUTERS/Fabrizio Bensch
Página anterior Próxima página