Esporte: Sobrevivente da Maratona de Boston ganha perna biônica e volta a dançar

Sobrevivente da Maratona de Boston ganha perna biônica e volta a dançar



Quase um ano após o atentado que deixou mortos e feridos na Maratona de Boston, Adrianne Haslet-Davis, uma das milhares de pessoas que participaram da prova, realizou o sonho de poder voltar a dançar. A dançarina, que perdeu uma parte da perna esquerda, recebeu uma prótese biônica e voltou a praticar a atividade, que fazia parte de sua rotina antes de 15 de abril de 2013.

"Sempre fui determinada para dançar de novo, eu sabia que o faria e aqui estou. Minha primeira dança está acontecendo tão perto do aniversário do atentado. E isso me lembra que sou uma sobrevivente, e não uma vítima", afirmou a dançarina.

Nesta quarta-feira, Adrianne pisou em um palco pela primeira vez desde o atentado e deu seus primeiros passos durante uma conferência da fundação sem fins lucrativos TED (fundação sem fins lucrativos TED (Tecnologia, Entretenimento, Design), em Vancouver. A dançarina se emocionou durante a apresentação.

A prótese oferecia à Adrianne foi fruto de um estudo de 200 dias sobre a dinâmica da dança, como os dançarinos se movimentam e onde é a força aplicada enquanto o fazem.

Fonte: Globoesporte.com
Foto: Reprodução/ Twitter
Página anterior Próxima página